Constança Cunha e Sá afirmou esta sexta-feira que a proposta do Governo para «fintar» o chumbo do Tribunal Constitucional ao diploma da convergência de pensões precisa de ser esclarecida.

«Neste momento, ninguém sabe que medidas o governo está a falar. Eu acho que é absolutamente inqualificável que o governo tenha avançado com ontem duas medidas concretas (...) dizendo que essas medidas iam tapar o buraco do chumbo do Tribunal Constitucional sem se dar ao trabalho de explicar às pessoas, nomeadamente aos reformados, que efeitos é que isso tinha nas suas reformas», afirmou a comentadora da TVI24, acrescentando que «ninguém sabe como a recalibração vai ser feita».

Para Constança Cunha e Sá, «isto é tratar com o máximo desprezo as pessoas que menos podem».