Manuela Ferreira Leite diz que o relatório do FMI, que fala em pelo menos mais 2 mil milhões de euros de cortes, tem o ponto positivo de «pôr um travão às euforias» do Governo.

«Nem toda a euforia é sincera, há muito teatro», considerou ainda a comentadora da TVI24, nesta quinta-feira, no programa Política Mesmo.

A antiga ministra das Finanças reconhece indicadores positivos, mas considera que não resultam diretamente do processo de ajustamento.

Ferreira Leite lembra que é uma ilusão pensar que a austeridade acaba com a saída da troika e alerta para a necessidade de consenso, mas não pedido desta forma.

«Insistir na coadoção fica mal ao PSD»

«Já não faço militância pelo PSD»