Constança Cunha e Sá questionou esta sexta-feira o discurso do Presidente da República nas cerimónias do 25 de Abril, defendendo que Cavaco Silva deveria especificar que consensos devem os partidos chegar. A comentadora da TVI24 lembrou ainda que o pós-troika foi um tema ausente dos discursos na Assembleia da Reoública.



«O que é que o Presidente quer dizer quando pede um consenso? Ele diz que é em relação a desígnios nacionais, mas quais são esses desígnios nacionais? O Presidente também não diz. Diz que quer mais desenvolvimento diz, mas isso toda a gente diz», disse.

«Não houve uma única palavra na Assembleia da República sobre o pós-troika. Estamos a umas semanas, sabemos agora através de um fonte do Eurogrupo que Portugal vai pedir uma saída limpa, ou pelo menos a Zona Euro está toda à espera que Portugal peça uma saída limpa, mas nas cerimónias do 25 de Abril, a umas semanas de ser anunciada a saída de Portugal do programa de ajustamento não é dito uma palavra sobre os tempos que nos esperam», sublinhou.