Marcelo Rebelo de Sousa disse, este domingo, que os últimos desenvolvimentos no PS demonstram que a guerra pela chefia do partido é apenas pessoal.

No espaço de comentário no «Jornal das 8» da TVI, o antigo líder do PSD pegou na entrevista de Alberto Martins, o líder parlamentar e apoiante de Seguro, ao jornal «i», que empurra o partido para a esquerda, para concluir que «não há nenhuma diferença ideológica entre os dois», António Costa e António José Seguro.

O comentador da TVI disse ainda que acredita que António José Seguro está irredutível e que a data das eleições primárias no PS não vai ser alterada.