«A manifestação perde um pouco a força quando [os polícias] violam de uma forma muito nítida aquilo que são os elementos que eles obrigam os outros a cumprir», considera a comentadora Manuela Ferreira Leite.

A manifestação das forças de segurança que decorreu nesta quinta-feira foi um dos temas em destaque no comentário de Manuela Ferreira Leite no programa «Política Mesmo», da TVI24.

«Acho que tira-lhes um pouco a força. Não há nenhum manifestante que possa fazer aquilo que eles fazem», sublinha, exemplificando que se se tratasse de um cidadão comum como a própria, tal não aconteceria.

Impostos sobem ou descem?

Durante o seu comentário, a antiga ministra das Finanças falou também sobre a discussão política entre aumento de salários e redução de impostos ou redução de salários e aumento de impostos - um debate que no seu entendimento «não tem sentido».

Ferreira Leite considera «absolutamente essencial» que o PSD e o PS discutam o tema antes das eleições, pois «é um problema que está na base e que condiciona qual é que é o modelo de sociedade que nós queremos ter».

«Eu não quero ter um modelo de sociedade nem quero um país em que essa igualdade de oportunidades não se verifique em três aspetos fundamentais: saúde, educação, proteção social». E remata: «Para isso é necessário impostos, pois que venham os impostos».

Para Manuela Ferreira Leite não vale a pena baixar os impostos se isso significar «perda de qualidade nos serviços públicos que são fornecidos às pessoas».