Constança Cunha e Sá comentou, esta sexta-feira, a alteração das regras para despedir, afirmando que «a intenção do governo é um incentivo ao despedimento ilícito».

«Seria lógico que houvesse uma diferença. Porque uma coisa é despedir de forma ilícita, outra coisa é despedir com justa causa. Se se tornam as coisas equivalentes, isto incentiva os empregadores a despedir ilicitamente. Não perdem nada com isso. Isto é uma coisa que ultrapassa todas as marcas», afirmou a comentadora da TVI24.