O comentador da TVI, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou, este domingo, no Jornal das 8, que o anúncio de António Costa de que estava disponível para avançar para a liderança do Partido Socialista também causou estragos no Governo e na coligação que o sustenta.

«O Costa não imagina a perturbação que foi nos espíritos dos dirigentes da Aliança Portugal ou do Governo com o avanço de Costa. Como quem diz "isto não pode ser verdade. Isto é mentira"», disse.

Marcelo Rebelo de Sousa considera ainda que o Governo não imaginava a semana difícil que se avizinhava: «A coligação levou dois pontapés esta semana. Saiu fresquinha e feliz, tanto quanto possível, das eleições de domingo, porque estava à espera, além de levar a sova monumental que levou, levar uma sova maior. Como não levou a sova maior, foi a sensação de alívio. E, de repente, apanha com o Tribunal Constitucional e apanha com o Costa».

Para o comentador da TVI, o chumbo do Tribunal Constitucional foi um «grande tiro» no Governo.