Manuela Ferreira Leite recusou comentar a nomeação de Miguel Relvas para encabeçar a lista de Passos Coelho ao Conselho Nacional do PSD. Instada a comentar, a ex-líder do partido disse apenas: «Não comento».

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, anunciou este sábado ter escolhido Miguel Relvas para encabeçar a sua lista ao Conselho Nacional do partido, lugar que nos dois anteriores congressos foi ocupado pelo eurodeputado Paulo Rangel.

Miguel Relvas foi o «braço direito» de Pedro Passos Coelho nas suas candidaturas à liderança do PSD em 2008 e 2010, a segunda das quais vitoriosa, assumindo em seguida o cargo de secretário-geral e porta-voz da direção nacional social-democrata. No governo foi ministro, mas acabou por sair depois de várias polémicas. A revelação de Passos Coelho no Congresso do PSD foi visto como um regresso político do polémico social-democrata.

Já sobre Paulo Rangel, a ex-líder do PSD diz que foi um dos pontos importantes do Congresso do PSD e que tinha razão quando o escolheu para cabeça de lista.