O deputado social-democrata Carlos Abreu Amorim disse na TVI24 que os trabalhadores dos Estaleiros de Viana do Castelo que serão despedidos levarão para casa indemnizações entre 50 a 200 mil euros.

«Há cerca de 230 trabalhadores de Viana do Castelo que estão em situação de pré-reforma, o que significa que estão em condições de pedir a reforma, recebendo indemnizações. E, nesse caso, até serão indemnizações bastante chorudas», disse, avançando depois números: «A media das indemnizações, que vão aos 50 mil euros, sendo que alguns trabalhadores mais antigos, exatamente esses que estão em condições de passar à reforma neste momento, que têm mais de 59 anos, poderão chegar aos 200 mil euros».

Em debate com a socialista Ana Gomes, no programa «Política Mesmo», Abreu Amorim questiona: «Gostava de saber quais são os operários em Portugal que estão nessas condições de receber indemnizações deste montante e poderem vir a ser novamente contratados pela nova empresa»

Ana Gomes, por seu turno, diz que o comportamento do ministro da Defesa em relação aos Estaleiros de Viana é criminoso. Na TVI24, a eurodeputada do PS acusa Aguiar-Branco de ser inepto e levanta suspeitas sobre negócios do escritório de advogados do ministro com a Martifer: «É preciso ver que negócios e que tem o escritório dele de advogados com a Martifer.