A decisão da Comissão Nacional de Eleições (CNE), que decidiu, por maioria, decidiu, por maioria, que o Conselho de Ministros na véspera das eleições europeias não viola a campanha eleitoral, não surpreende Augusto Santos Silva.

«Não me surpreende dada à composição da Comissão», afirmou o comentador da TVI24, nesta terça-feira, no programa Política Mesmo.

Mesmo assim, do ponto de vista político, considera o encontro dos ministros no sábado «uma iniciativa de propaganda».

«PS tem de apostar tudo nas eleições europeias»

«Guterres será o candidato presidencial não só do PS»