Marcelo Rebelo de Sousa fez uma projeção sobre o que deverá conter o Documento de Estratégia Orçamental, que está a ser discutido pelo Governo.

«Acho [que o debate parlamentar] é útil porque permite tratar de um tema importante nacional, embora hoje a dívida pública esteja com um custo muito mais baixo», afirmou.

O comentador disse que os cortes não deverão incidir sobre os privados, mas poderão ser mais ou menos duros sobre os funcionários públicos consoante a decisão do Tribunal Constitucional sobre os cortes do Orçamento de Estado para 2014 que ainda está a analisar.