Marcelo Rebelo de Sousa considera inevitáveis os cortes no pessoal da administração pública.

No comentário de domingo na TVI, o conselheiro de Estado e ex-líder do PSD disse ainda que a Constituição da República não é um problema inultrapassável para as medidas que o Governo venha a tomar.