O grupo parlamentar do PCP vai apresentar um projeto de resolução no parlamento para transferir os ativos da Espírito Santo Saúde (ESS) para «a esfera pública», anunciou esta terça-feira o deputado João Oliveira.

«O PCP irá apresentar uma iniciativa propondo que o Governo tome as medidas legislativas e outras que sejam necessárias para transferir para a esfera pública todos os ativos da Espírito Santo Saúde, nomeadamente fazendo reverter a Parceria Público-Privada que existe no Hospital Beatriz Ângelo (Loures), salvaguardando a continuação da prestação de cuidados de saúde aos utentes e os postos de trabalho», afirmou o líder parlamentar comunista.

A bancada do PCP, ocupada desde segunda-feira em jornadas precisamente em Loures, ainda vai ponderar a data de entrega e sua proposta de discussão do texto a apresentar na Assembleia da República.

«(A futura resolução) Não invalida outras propostas, num outro quadro mais geral de exigência de que seja travado esse processo de alienação e venda dos ativos do Grupo Espírito Santo», continuou o parlamentar comunista.

Segundo João Oliveira, a iniciativa do PCP «significa criar condições para que a Oferta Pública de Aquisição (sobre a ESS), obviamente, não se concretize, transferindo para a esfera pública os ativos».