O Secretário-Geral das Nações Unidas vai encontrar-se com Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa e estudantes sírios durante a visita que vai efetuar a Lisboa na quinta e na sexta-feira, confirmou o gabinete de Ban Ki-moon à Lusa.

A visita começa na quinta-feira, quando Ban Ki-moon tem um encontro marcado com o primeiro-ministro, António Costa, e o ministro das Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Na sexta-feira, o diplomata reúne-se com o presidente da Assembleia da República, Eduardo Ferro Rodrigues, e com o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que convidou o secretário-geral da ONU a visitar Portugal.

No final do encontro, os dois participam numa conferência de imprensa.

Marcelo Rebelo de Sousa condecora depois Ban Ki-moon e oferece-lhe um almoço em Belém, para o qual estão convidadas várias personalidades, como o presidente da Assembleia da República e o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Nas conversas com representantes portugueses, um dos temas será a candidatura de António Guterres a sucessor de Ban Ki-moon, que abandona o cargo no final do ano depois de dez anos à frente da ONU.

A presença de Portugal na organização e a crise dos refugiados deverão ser outros temas abordados.

Ainda na sexta-feira, o responsável da ONU, que vem acompanhado pela mulher, encontra-se no Museu do Oriente com um grupo de estudantes sírios radicados em Portugal.

Os estudantes pertencem à Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios, uma iniciativa do antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que já trouxe até Portugal cerca de uma centena de estudantes universitários deste país.