O Conselho Nacional do PSD reúne-se segunda-feira, em Lisboa, com a análise da situação política e a discussão do Orçamento do Estado para 2015 na ordem de trabalhos.

Além destes dois pontos, segundo a ordem de trabalhos divulgada, os conselheiros nacionais do PSD vão ainda analisar e aprovar as contas das eleições autárquicas de 2013 e das europeias de 2014, além das contas de 2013 do partido.

Esta reunião ordinária do órgão máximo do PSD entre congressos irá realizar-se dois dias depois do Conselho Nacional do CDS-PP, parceiro dos sociais-democratas no Governo, que se reúnem no sábado em Elvas.

No Conselho Nacional do CDS-PP deverá ser discutida uma proposta do líder do partido e vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, para a reposição do feriado do 1.º de Dezembro, uma matéria que o presidente do PSD e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, já disse que «não é uma questão que se coloque agora para o Governo».

A última reunião do Conselho Nacional do PSD realizou-se em setembro, ainda antes da apresentação do Orçamento do Estado do Estado para 2015, e teve como tema principal a questão da natalidade.

Nessa altura estava acesa a polémica sobre a relação do agora primeiro-ministro com a empresa Tecnoforma e os seus rendimentos enquanto foi deputado em exclusividade. Contudo, as referências feitas ao assunto pelos conselheiros nacionais durante o encontro foram todas de apoio a Passos Coelho.