Os candidatos da coligação PSD/CDS-PP às eleições europeias Paulo Rangel e Nuno Melo visitaram esta quarta-feira uma instituição de apoio a pessoas com deficiência, em Mira Sintra, onde ouviram apelos à integração destes cidadãos.

Na instituição em causa, o Centro de Educação para o Cidadão com Deficiência (CECD), trabalha a mulher do primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, Laura Ferreira, que cumprimentou Paulo Rangel e Nuno Melo à chegada destes, mas depois não acompanhou a sua visita, e fez questão de afirmar aos jornalistas que não era «o foco» desta iniciativa.

Questionada se esta era uma forma de entrar na campanha da Aliança Portugal, Laura Ferreira respondeu: «A campanha é que veio até nós, está sensibilizada para a deficiência, e todo o contributo é importante». A seguir, frisou: «Nós recebemos toda a gente que nos queira visitar. Quanto mais informação houver sobre a cidadania da deficiência, melhor».

Nesta visita, que durou cerca de uma hora, os candidatos da coligação PSD/CDS-PP foram guiados por Carmen Duarte, presidente da direção desta cooperativa de solidariedade social sem fins lucrativos, que disse ter fundado há 38 anos com o marido.

Após referir que a CECD tem 2200 clientes, crianças, jovens e adultos, e a atua «onde as pessoas estão" com o objetivo de que "vivam na sua comunidade», Carmen Duarte apelou a Paulo Rangel e a Nuno Melo para que ajudem a construir «uma Europa cidadã, uma Europa solidária, no respeito por cada um dos cidadãos».

«Quando estiverem na Europa, promovam estes valores, da inclusão. Temos de viver todos juntos. É importante que os políticos conheçam melhor o que é a deficiência», acrescentou.

A diretora da CECD chamou a atenção para a dificuldade de integração dos jovens com deficiência no mercado de trabalho, ainda mais com «a atual taxa de desemprego», e para a necessidade de formação profissional contínua, defendendo a criação de «uma semana para o emprego das pessoas com deficiência a nível europeu».

Por outro lado, falou dos atletas com deficiência ligados a esta instituição que ganharam medalhas.

No final, o cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP às eleições europeias, Paulo Rangel, elogiou «a grandeza do trabalho» da CECD e o número quatro da Aliança Portugal, Nuno Melo, manifestou «uma admiração profunda» por quem cuida de pessoas com deficiência e de idosos: «Tiro-lhes o chapéu todos os dias».

Carmen Duarte pediu-lhes que voltassem depois da campanha para uma visita «com mais calma».