O CDS-PP já reagiu à proposta de «compromisso de salvação nacional» apresentada pelo Presidente da República e para dizer que terá uma «posição construtiva».

O porta-voz desta posição foi o líder parlamentar Nuno Magalhães, manifestada no final da reunião da comissão executiva, que decorreu na Assembleia da República.

«O CDS contribuiu ao mais alto nível para propor uma solução governativa que fosse estável, abrangente e duradoura. A nosso ver essa solução permitiria enfrentar as dificuldades do país, concluir o programa de assistência financeira a que está sujeito, terminar com o protetorado e cumprir com a legislatura», frisou, acrescentando:

«O CDS sempre defendeu, na circunstância especialmente difícil em que o país se encontra, que é necessário um diálogo abrangente e alargado a todos os partidos do arco da governabilidade. Tendo o senhor Presidente da República tomado uma iniciativa nesse mesmo sentido, o CDS tem uma posição de princípio construtiva em relação a essa mesma proposta».