O Governo português congratulou-se com o acordo sobre o programa nuclear iraniano alcançado esta terça-feira em Viena, que classificou como “um importante contributo para evitar a corrida ao armamento na região do Médio Oriente”.

“O Governo português congratula-se com o acordo alcançado em Viena sobre o programa nuclear iraniano e enaltece o empenho que os negociadores em nome da comunidade internacional - Alemanha, China, Estados Unidos, França, Reino Unido e Rússia, sob a liderança da Alta Representante Federica Mogherini - e o Irão colocaram na sua conclusão”, refere o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) em comunicado enviado à Lusa.

O MNE sublinha que “o acordo agora alcançado culmina mais de 12 anos de negociações e evidencia, tal como Portugal sempre defendeu, que a solução para a questão nuclear iraniana só poderia ser atingida pela via negocial”.


“É agora essencial garantir a efetiva aplicação do acordo, nos prazos previstos”, defende o MNE, acrescentando que “a comunidade internacional deverá continuar a assumir as suas responsabilidades no acompanhamento deste processo”.