A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) Catarina Martins perguntou hoje ao primeiro-ministro se se confirma a notícia hoje avançada de que o ministro Rui Machete pediu «desculpas diplomáticas» a Angola por investigações criminais de Portugal a empresários.

Falando no debate quinzenal no Parlamento, a deputada bloquista confrontou o governante, que já não dispunha de tempo para responder naquele período de diálogo com o BE, com uma notícia hoje avançada pelo Diário de Notícias (DN), dizendo que há declarações «que humilham» Portugal feitas pelo ministro dos Negócios Estrangeiros que devem ser esclarecidas.

O DN diz hoje que Rui Machete pediu desculpa a Angola por investigações do Ministério Público português sobre empresários do país, declarando que tais ações não são mais do que burocracias e formulários referentes a negócios de figuras do regime angolano em Portugal.

«Não podemos aceitar que um ministro se ajoelhe e que perante um regime em que as liberdades mais básicas não são respeitadas peça desculpa por Portugal ser um Estado de Direito democrático», declarou Catarina Martins, que ficou sem resposta por parte do primeiro-ministro durante o debate.