O secretário-geral do PS, António José Seguro, esteve esta segunda-feira com o cabeça de lista do partido às europeias, Francisco Assis, num encontro com idosos em Mira, onde reiterou que pretende acabar com a contribuição de sustentabilidade aplicada aos pensionistas.

«Esta ideia que tínhamos que passar a ficar mais pobres não é verdade. É por isso que sempre nos batemos e opusemos com estes cortes nas reformas e nas pensões. Votámos contra e enviámos para o Tribunal Constitucional», disse António José Seguro numa conversa com algumas dezenas de pessoas na associação de idosos Mirense, em Mira, no distrito de Coimbra.

Na ocasião, e depois de ouvir diversas queixas de alguns dos idosos, Seguro reiterou que o PS fez as contas e está em condições de garantir que, se for Governo, irá acabar com a contribuição de sustentabilidade aplicada aos pensionistas.

«Estamos a falar de uma despesa que corresponde a duas décimas do PIB», declarou.