O Partido Ecologista Os Verdes defendeu a reposição integral dos salários dos trabalhadores do setor público como forma de fazer crescer a procura interna e estimular o crescimento económico.

Esta foi uma das propostas apresentadas por uma delegação do grupo parlamentar Os Verdes à ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, no âmbito da discussão do Plano Nacional de Reformas, numa reunião que decorreu em Lisboa esta terça-feira.

No final do encontro, o deputado José Luís Ferreira disse aos jornalistas que propuseram à ministra a renegociação da dívida pública, a desvinculação do tratado orçamental, a alteração da política fiscal e a facilitação do acesso ao crédito das pequenas e médias empresas (PME).

«Da conversa que tivemos com a ministra das Finanças concluímos que o Governo quer tornar definitivo o que era provisório», afirmou o parlamentar, referindo-se às medidas de austeridade em vigor nos últimos anos, como os cortes salariais e nas prestações sociais, bem como o agravamento dos impostos nos últimos anos.


José Luís Ferreira manifestou surpresa face às estimativas do Fundo Monetário Internacional (FMI) hoje divulgadas, que referem o crescimento da economia portuguesa, dados os despedimentos que continuam a ser divulgados dia após dia em Portugal.

«As pessoas não estão a sentir qualquer crescimento económico», sublinhou à Lusa.

A ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, acompanhada do secretário de Estado do Orçamento, Hélder Reis, e do secretário de Estado-adjunto do vice-primeiro-ministro, Morais Leitão, vai receber todos os grupos parlamentares até ao final do dia para a preparação dos documentos no âmbito do semestre europeu, nomeadamente, o Plano Nacional de Reformas, Reformas Estruturais e Reformas Orçamentais.