O ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, faz, esta quarta-feira, uma visita surpresa às tropas portuguesas estacionadas no Afeganistão, para «reconhecer e prestigiar» a missão dos militares naquele teatro de operações.

O contingente português no Afeganistão é constituído por 199 militares, integrados na ISAF (International Security Assistance Force) da NATO, que estão desde o dia 9 de maio a assegurar a proteção do Aeroporto Internacional de Cabul, KAIA.

De acordo com o gabinete do ministro da Defesa, Aguiar-Branco almoça com os militares, regressando ainda hoje a Portugal, numa visita surpresa destinada a «reconhecer e prestigiar a missão» do contingente português.

O início da rotação do contingente português está previsto para a próxima semana. O novo contingente, que será constituído por 129 militares, terá a seu cargo missões de treino e formação, adiantou a mesma fonte.

Aguiar-Branco visitou os militares portugueses no Afeganistão há dois anos, a 25 de dezembro. Em 2012, por razões financeiras, o ministro decidiu não se deslocar ao Afeganistão, optando por comunicar com as tropas através de videoconferência, disse fonte do gabinete de Aguiar-Branco.