Bloco cancela iniciativa por causa da morte de Miguel Portas

«Jornadas contra o Governo da Troika» começavam esta quinta-feira, no Porto

Por: tvi24 / MM    |   26 de Abril de 2012 às 14:39
O Bloco de Esquerda suspendeu as «Jornadas contra o Governo da troika», que começavam esta quinta-feira no Porto e se prolongavam até sábado, passando por Braga e Lisboa, devido à morte do eurodeputado e fundador do Bloco de Esquerda, Miguel Portas.

Em comunicado enviado à Agência Lusa, o Bloco de Esquerda anuncia que «o falecimento de Miguel Portas, fundador e dirigente do Bloco de Esquerda, deputado ao Parlamento Europeu, determinou a suspensão das Jornadas Contra o Governo da Troika, cujo início estava agendado para hoje, no distrito do Porto e que se prolongariam em Braga e Lisboa».

No comício desta quinta-feira, no Mercado Ferreira Borges, no Porto, com início marcado para as 22:00, estaria o coordenador da comissão política do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã.
PUB
EM BAIXO: Miguel Portas - ANTÓNIO COTRIM/LUSA
Miguel Portas - ANTÓNIO COTRIM/LUSA
COMENTÁRIOS

PUB
Governo quer todos os criminosos sexuais «longe» das crianças

Condenados por abusar de menores já estavam impedidos de trabalhar com crianças, mas a nova proposta do Governo não exclui que outros criminosos sexuais, de pessoas maiores de idade, também possam ser impedidos de exercer funções. Todos os profissionais em contacto regular com menores vão ter de apresentar registo criminal antes de poderem ser contratados. Executivo alterou proposta para a Base de Referenciação de pedófilos e os pais já não vão poder saber onde vivem os condenados