O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, afirmou esta quinta-feira à tarde que equipas da Segurança Social e do Ministério da Agricultura já se encontram na zona ardida pelo incêndio no distrito de Bragança, considerado o maior do ano.

Miguel Macedo, que falava no posto de comando da Proteção Civil instalado em Carviçais, Torre de Moncorvo, referiu que esta iniciativa, inserida no plano de emergência ativado para a zona, visa apurar a extensão dos danos provocados pelas chamas.

Segundo o governante, o trabalho das equipas da Segurança Social e do ministério será intensificado na sexta-feira, num trabalho em colaboração com as câmaras dos quatro concelhos afetados pelo incêndio: Alfândega da Fé, Torre de Moncorvo, Mogadouro e Freixo de Espada à Cinta.

Segundo o ministro, os responsáveis do Ministério da Agricultura presentes irão avaliar a situação para «tomarem as medidas que considerarem adequadas».

Miguel Macedo sublinhou o empenho de todo o dispositivo que se encontra no terreno nos últimos dias.