O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, disse, esta terça-feira que o Governo está a ponderar nomeações de oficiais de ligação, em matéria de segurança e emigração, na Turquia, na China e na Argélia.

Miguel Macedo referiu que «não há prazo para decisão política» para designar mais três oficiais de ligação, sucedendo às nomeações do superintendente Paulo Valente Gomes, ex-diretor nacional da Polícia de Segurança Pública, para Paris, França, e do coronel da GNR Carlos Alves, para Rabat, Marrocos.

«A ponderação está a ser feita», afirmou o membro do Governo PSD/CDS-PP, na audição na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias.

Portugal já tem oficiais de ligação em matéria de administração interna em Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Espanha, São Tomé e Princípe e Timor-Leste.

O Partido Socialista, através do deputado Marcos Perestrello, salientou que a declaração conjunta dos ministros do Interior de Portugal, Espanha, Marrocos e França, de 25 de janeiro deste ano, preconiza a colocação de oficiais de ligação em Dakar, Acra e Algeciras.

A próxima reunião dos ministros do Interior, subscritores da chamada «Declaração de Rabat», realiza-se no primeiro trimestre do ano de 2014, em Paris.