O deputado do PSD, Miguel Frasquilho, apelou também esta quinta-feira na Assembleia da República ao consenso e bom senso da oposição perante o Orçamento do Estado para o próximo ano. «Este é o orçamento que nos permitirá concluir o programa de ajustamento», afirmou o deputado.

Miguel Frasquilho enalteceu a importância de qualquer orçamento, mas deste em particular. «Obviamente que todos os orçamentos do Estado são importantes, mas quando se trata do último orçamento antes de acabarmos o programa de assistência financeira, é absolutamente fundamental».

O deputado, na mesma linha de Aguiar-Branco, criticou também a postura dos partidos da oposição e não deixou de apontar o dedo: «Quando devíamos remar todos no mesmo sentido para acabar o resgate e da melhor forma possível, apenas temos uma oposição que critica, como se não vivessemos tempos delicados».

Tal como todos os membros do Governo têm feito questão de realçar, também Miguel Frasquilho não deixou de referir os sinais positivos que têm sido divulgados da economia portuguesa. «Apesar de sabermos que o contexto continua a ser difícil e exigente, os sinais positivos deixam-nos pensar que o pior já tenha ficado para trás», e sublinhou, «não podemos regressar à vida que tinhamos há 10/20 anos».

Para terminar a sua intervenção ainda deixou algumas palavras de reflexão: «Todos são necessários para vencer esta batalha, não se ponham à margem (oposição), os portugueses não merecem».

OE2014: o debate parlamentar AO MINUTO