«O Presidente da República, que devia ser responsável por Portugal, nunca disse uma única palavra sobre o caso Sócrates. Quanto mais não seja pela flagrante violação do segredo de Justiça», escreveu.

Citando as respostas dadas à TVI, o histórico do PS afirma ainda que o juiz Carlos Alexandre deve um pedido de desculpa ao antigo primeiro-ministro e que o deve libertar da prisão.

 

«José Sócrates conseguiu pôr tudo em pratos limpos fazendo noticiar a inutilidade das acusações falsas que lhe foram feitas. Felizmente, tudo isso foi reproduzido por uma estação de televisão. Que esperam as pessoas que o prenderam para lhe pedir desculpa e o libertarem?».

Mário Soares conclui o artigo com novo apelo:

 

«Que espera o Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, para, em nome dos portugueses, intervir quando dentro de poucos meses o poderão julgar a ele quando terminar o seu mandato presidencial?»