O PCP requereu uma nova audição, com caráter de urgência, da ministra de Estado e das Finanças, Maria Luís Albuquerque, na comissão parlamentar de inquérito aos contratos ¿swap' para esclarecer «novos dados e informações obtidas».

«Na sequência de novos dados e informações obtidas hoje na comissão parlamentar de inquérito às ¿swap', o grupo parlamentar requereu ao fim da tarde a presença urgente da ministra das Finanças na comissão de inquérito», refere o PCP.

Os emails enviados pelo ex-diretor-geral do Tesouro e Finanças Pedro Felício à agora ministra das Finanças em junho e julho de 2011 já continham informação sobre 'swap' e indicavam uma perda potencial de 1,5 mil milhões de euros.

Nos emails trocados entre o ex-diretor-geral do Tesouro e Maria Luís Albuquerque, a que a Agência Lusa teve acesso, no verão de 2011 é feito em primeiro lugar um ponto de situação sobre o valor a preço de mercado dos contratos 'swap' nas principais empresas (Metro de Lisboa, Metro do Porto, CP e Refer).

A troca de emails a que a Lusa teve acesso diz respeito aos dias 29 de junho, 18 de julho, 26 de julho e 01 de agosto.

No primeiro destes emails enviado por Pedro Felício à então secretária de Estado do Tesouro e Finanças, que tem data de 29 de junho de 2011, é incluindo um "ponto de situação dos MtM [Mark-to-market, valor de mercado] dos derivados e instrumentos financeiros nas principais empresas do SEE [Setor Empresarial do Estado]", afirmando ainda que esta informação está em atualização no âmbito do programa da 'troika', mas que o grosso dos valores está nestas quatro empresas.

Na mesma mensagem é incluído um valor de perdas potenciais com 'swaps' para o Metro de Lisboa, o Metro do Porto, a Comboios de Portugal - CP e Refer em 2010 (1.289 milhões de euros) e outro mais atualizado no início de 2011 (1.294 milhões de euros).

Ainda segundo documentos a que a Lusa teve acesso, o ex-diretor-geral do Tesouro e Finanças Pedro Felício enviou à atual ministra das Finanças, ainda no verão de 2011, informação detalhada sobre 145 swap contratados por nove empresas públicas, com valores de perdas potenciais e testes de sensibilidade.

Pedro Felício enviou vários emails com anexos, entre eles uma folha Excel com 145 contratos 'swap' contratados pela TAP, Metro de Lisboa, Metro do Porto, Águas de Portugal, CP, Refer, STCP, ANA, Transtejo, e ainda da Parpública, escreve a Lusa.