Com as eleições cada vez mais próximas, e sem o apoio do PS, Maria de Belém reúne esforços para conquistar o eleitorado da área socialista, dividido entre a candidata e Sampaio da Nóvoa. A ex-ministra da Saúde de António Guterres não se cansa de dizer - palavras suas - que é militante há 40 anos e é perentória: "socialista candidata sou eu". Palavras ditas este domingo, num jantar-comício em Arcos de Valdevez.

"Todos os que conhecem a minha vida pública sabem como aqui foi dito que sou militante do PS com muito gosto e com muita horna. Não me canso de o dizer. [...] Estive na escolha dos secretários-gerais, uma vez de um lado outra vez de outro. Foi isto que fez o PS um grande partido. [...] Socialista candidata sou eu."


A ex-presidente do PS sublinhou que "podia ter escolhido outra vida", mas não o fez. E sublinhou que não são "palavras bonitas" e "promessas de oportunismo eleitoral" que fazem um Presidente da República.

"Podia ter escolhido outra vida, fazer outras coisa, mas não,"


Maria de Belém concorda com o que os seus apoiantes têm dito: "o papel do Presidente da Repúbica requer uma pessoa com experiência política".  

Apesar da chuva, algumas centenas de pessoas encheram a Quinta da Prova em Arcos de Valdevez, este domingo à noite. Antes da candidata presidencial discursar, foi Rui Solheiro, secretário-geral da Associação de Municípios, que tomou a palavra para, tal como outros apoiantes têm feito, desferir ataques a Sampaio da Nóvoa.

Rui Solheiro criticou quem "sem qualquer atividade política de relevo, chega aos 60 anos e acorda para a política e desperta logo para se candidatar ao mais alto cargo da nossa Democracia."

"O tempo não é para aventuras. Já tivemos exemplos destes que correram muito mal. Portugal nao pode ter um Presidente da República que não se sabe de onde vem."


Este domingo, Maria de Belém recebeu o maior banho de multidão na feira da Tocha, em Catanhede. Depois, num almoço-comício na Figueira da Foz, contou com o apoio do histórico socialista e presidente honorário do PS Almeida Santos.