“A criatividade de Marcelo Rebelo de Sousa é muito interessante para o comentário político e que se ele ganhasse as eleições, Portugal perderia um bom comentador e ficava com um Presidente da República que seria um mau intérprete da função presidencial”.






Para Maria de Belém, “o nosso futuro é sempre condicionado pelo nosso passado”, defendendo que esta “é uma questão de perfil”.