«Queremos que a paz esteja com os homens não só agora. Queremos que o esforço de concórdia entre os Povos seja permanente. Queremos que a solidariedade e a partilha sejam mais fortes nesta época do ano, mas que permaneçam ativas ao longo do tempo»


«Queremos pensar nos mais frágeis e vulneráveis: as crianças, os desempregados, os mais velhos. Mas devemos fazê-lo também o ano inteiro»