A deslocação do chefe de Estado à Madeira, que deveria iniciar-se esta terça-feira, foi adiada para 17 e 18 de outubro, devido ao vento que já levou ao cancelamento de voos, disse à Lusa fonte da Presidência.

De acordo com uma fonte da ANA-Aeroportos de Portugal, durante a manhã três voos foram cancelados no aeroporto da Madeira, devido ao vento forte que se tem feito sentir desde segunda-feira.

Marcelo Rebelo de Sousa deveria presidir, na quarta-feira, no Funchal, às comemorações dos 180 anos do Liceu/Escola Secundária de Jaime Moniz e dos 75 anos do atual edifício.

Estava previsto o chefe de Estado chegar ao início da noite ao Funchal e regressar a Lisboa na quarta-feira à tarde.

Na quarta-feira, às 18:00, no Palácio de Belém, o Presidente da República irá receber o PAN (Pessoas-Animais-Natureza), terminando a audição aos partidos com assento parlamentar.