Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito Presidente da República com 2.413.956 votos, num universo de 4.744.597 votantes, segundo os resultados do apuramento geral das eleições de 24 de janeiro, divulgado esta quinta-feira pelo Tribunal Constitucional (TC).

De acordo com a ata da reunião da Assembleia de Apuramento Geral da Eleição do Presidente da República, divulgada no site do TC, estavam inscritos para votar nas eleições presidenciais de 24 de janeiro 9.751.398 eleitores.

Marcelo Rebelo de Sousa obteve 2.413.956 votos, enquanto António Sampaio da Nóvoa conseguiu 1.062.138 votos.

A candidata do Bloco de Esquerda (BE), Marisa Isabel dos Santos Matias, conseguiu 469.814.

Vitorino Silva (Tino de Rãs) conseguiu 152.374 votos enquanto Maria de Belém Roseira obteve 196.765 votos.

Já Henrique Neto conseguiu 39.163 votos, Cândido Ferreira 10.609 votos e Edgar Silva 183.051 votos.

Paulo Morais obteve 100.191, enquanto Jorge Sequeira conseguiu 13.954 votos.

De acordo com o TC, foram ainda apurados 58.964 votos em branco e 43.588 votos nulos.

Marcelo Rebelo de Sousa, 67 anos, ex-presidente do PSD, tornou-se o quinto Presidente da República eleito desde o 25 de Abril de 1974, numas eleições em que se registou uma abstenção de 51,4%.

Antigo líder do PSD, Marcelo Rebelo de Sousa tomará posse como Presidente da República a 09 de março.

Nos termos da Constituição, o Presidente eleito toma posse perante a Assembleia da República no último dia do mandato do Presidente cessante.