O Presidente da República vai encontrar-se com o rei de Espanha, Felipe VI, e com o presidente do Brasil, Michel Temer, na segunda-feira, em Nova Iorque, disse à Lusa fonte da Presidência da República.

Estas são duas das reuniões bilaterais que Marcelo Rebelo de Sousa terá à margem da 71.ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, que conta com a participação de chefes de Estado e de Governo dos 193 Estados-membros desta organização.

Estão já confirmados também, entre outros, encontros bilaterais com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, e com os presidentes de Moçambique, Filipe Nyusi, da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, do Senegal, Macky Sall, e da Costa do Marfim, Alassane Ouattara.

O chefe de Estado português vai estar em Nova Iorque entre domingo e quinta-feira, com uma comitiva oficial que inclui o antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, e o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. Na quarta-feira, vai encontrar-se com a comunidade portuguesa em Newark, Nova Jérsia.

Tema "Guterres" em cima da mesa

Marcelo Rebelo de Sousa e Jorge Sampaio vão cruzar-se em Nova Iorque com o antigo primeiro-ministro português, António Guterres, que estará nesta cidade no mesmo período, prosseguindo os contactos relacionados com a sua candidatura ao cargo de secretário-geral da ONU.

Logo na segunda-feira, Marcelo Rebelo de Sousa e Jorge Sampaio - que foi Alto Representante das Nações Unidas para a Aliança das Civilizações entre 2007 e 2013 e atualmente preside à Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios - vão participar numa reunião de alto nível das Nações Unidas sobre movimentos em larga escala de migrantes e refugiados.

António Guterres, ex-Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados, também poderá estar presente nesta reunião de alto nível.

A intervenção do Presidente da República perante a Assembleia Geral da ONU está marcada para terça-feira à tarde, já de noite em Lisboa, depois de participar, também com Jorge Sampaio, numa Cimeira de Chefes de Estado sobre Refugiados, organizada pelo presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama.

Mais tarde, Marcelo Rebelo de Sousa estará numa receção oferecida pelo presidente dos Estados Unidos.

A 71.ª sessão da Assembleia Geral da ONU acontece em menos de um mês a data prevista para o fim do processo de escolha do novo secretário-geral da ONU.

No seu último dia em Nova Iorque, quinta-feira, o programa do Presidente da República inclui um pequeno-almoço oferecido pela Câmara Luso-Americana de Comércio e um almoço com membros da Sociedade Luso-Americana de Pós-graduados.

Neste dia, Marcelo Rebelo de Sousa visitará ainda, no Centro para a História Judaica de Nova Iorque, uma exposição sobre o cônsul português Aristides de Sousa Mendes, que durante a II Guerra Mundial salvou do regime nazi milhares de judeus e outros refugiados, emitindo vistos sem autorização do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.