O Presidente da República solidarizou-se, este domingo, com as vítimas do acidente de viação ocorrido em Espanha, que envolveu uma viatura de matrícula portuguesa e que fez um morto e sete feridos.

Numa breve mensagem colocada na página da presidência da República na internet, Marcelo Rebelo de Sousa apresentou ainda "sentidas condolências" à família da vítima mortal do acidente e manifestou-se solidário com os familiares e feridos, em especial daquele que se encontra em situação mais grave.

O Presidente da República deseja ainda aos feridos uma "rápida recuperação".

A colisão entre a carrinha onde seguiam os portugueses e um camião romeno ocorreu por volta das 07:00 (06:00 em Portugal), na autoestrada A-62, ao quilómetro 267.9, no sentido Espanha-Portugal, na localidade de Robliza de Cojos, 32 quilómetros a sul de Salamanca.

Fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda disse à agência Lusa que a vítima mortal é um homem de 27 anos, natural de Marrazes, Leiria.

Na carrinha seguiam mais sete pessoas que ficaram feridas, uma com gravidade e seis com ferimentos ligeiros, que foram transportadas para duas unidades hospitalares.

Segundo a mesma fonte, "ao que tudo indica, a carrinha colidiu com o camião", estando as circunstâncias do acidente a ser investigadas pela Guardia Civil espanhola.

No camião de matrícula romena viajavam duas pessoas, que saíram ilesas do acidente.

O jornal La Gaceta, publicado em Salamanca, Espanha, refere na sua página na internet que se tratou de um "choque brutal" que ocorreu na autoestrada A-62 próximo da localidade de Robliza de Cojos.