O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, congratulou-se esta quinta-feira com a proposta de reforço da capacidade europeia para lidar com desastres naturais, afirmando que espera que seja “rapidamente aprovada”.

Foi com satisfação que tomei conhecimento da aprovação esta manhã pela Comissão Europeia da proposta de criação de um novo sistema de Proteção Civil Europeia, para dar uma resposta rápida a tragédias como os fogos florestais, inundações, terramotos e epidemias”, refere, numa nota publicada no sítio da Presidência da República.

Marcelo Rebelo de Sousa referiu que foi “consubstanciada a visão” que lhe tinha sido transmitida pelo presidente Jean-Claude Juncker, de uma Europa que protege os seus cidadãos.

A Europa não pode limitar-se a dar condolências, como disse o Presidente da Comissão Europeia, ela tem de estar presente nos momentos mais difíceis da vida dos seus cidadãos. Saúdo por isso esta proposta e espero agora que ela possa ser rapidamente aprovada pelo decisor europeu, constituído pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho”, acrescenta.

De acordo com a proposta, deverá ser constituída uma reserva de recursos e capacidades europeias, gerida pela União Europeia e complementada por um sistema de prontidão para reforçar as estratégias nacionais de prevenção.