“Promover o acesso geral ao conhecimento exige uma aposta clara nos mais jovens e nas futuras gerações . […] O acesso ao conhecimento é um direito inalienável de todos os portugueses.”


"É importante mostrar que ao contrário do que nos foi dito, que o investimento público podia ser substituído pelo privado,os números mostram que isso não se verificou. Foram políticas erradas. Temos que perceber a natureza pública da coisa pública. Não há experiência em nenhuma região europeia onde o investimento privado tenha aumentado sem ter sido precedido de uma afirmação do apoio público."


"A formulação de políticas públicas de estimulação à produção e difusão de conhecimento científico foram drasticamente alteradas nos últimos quatro anos, traduzindo-se no aumento da seletividade do acesso à ciência. A adulteração do sistema ameaçou a destruição do sistema científico nacional. [...] Pela primeira vez, Portugal afastou-se da Europa em investimento e conhecimento e, em particular, em ciência e tecnologia."




"É uma prioridade abrir a base social e apoio ao ensino superior, essa é uma prioridade. Acreditamos nas instituições e no seu coletivo, podemos garantir um melhor acesso ao ensino superior."