Alegre vai recorrer da decisão