O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, foi operado hoje de manhã devido a uma cólica renal e “está clinicamente bem”, disse o gabinete da presidência do executivo madeirense.

Segundo a mesma informação, baseada no boletim clínico emitido pela direção clínica do Serviço Regional de Saúde (SESARAM), o governante foi submetido a uma intervenção cirúrgica pelas 08:00, no hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, “devido a uma cólica renal com cálculo impactado no uréter lombar direito”.
 

“A intervenção cirúrgica decorreu sem incidentes”, explica o boletim clínico, adiantando que, “neste momento, [Miguel Albuquerque] está estável, clinicamente bem e encontra-se no recobro pós anestésico como rotina no pós-operatório imediato”.


Entretanto, o ex-chefe do executivo madeirense, Alberto João Jardim, divulgou o conteúdo de uma mensagem manuscrita que enviou a Miguel Albuquerque.
 

“Com amizade e solidariedade, desejo pronta recuperação. Os contratempos são incentivos para a continuação de um percurso”, escreveu Jardim.


Esta situação acontece a cinco dias da festa anual do PSD/Madeira, que está marcada para domingo, e que deverá contar com a presença do líder nacional do partido e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.