«Eu estou de partida da vida pública, aos 72 anos já tenho idade de ter juízo, foram 37 anos de governo, mais de metade de uma vida mas quero-lhe dizer que, como amigo, eu estou sempre ao seu dispor, de maneira que disponha, se for preciso lavar os pratos também eu venho, não tenho nada para fazer, mas com o acordo você dá-me a sua receita do leitão. O preço que levo é a receita do leitão», gracejou.


«Não há nada como um franguinho, um porquinho (…) não faça coisas complicadas, a gente gosta, quando vai almoçar, é almoçar bem, não é para estar a perguntar aquilo o que é, nem ficar com fome», comentou.