O antigo dirigente centrista Luís Nobre Guedes foi eleito para o Conselho Nacional do CDS-PP no grupo de delegados daquele órgão que são eleitos pela Assembleia Distrital de Lisboa, disse esta quarta-feira à Lusa o líder da distrital.

A Assembleia Distrital de Lisboa elegeu na terça-feira à noite 13 delegados ao Conselho Nacional, o órgão máximo do partido entre congressos, tendo concorrido duas listas e Luís Nobre Guedes sido eleito na lista afeta ao movimento Alternativa e Responsabilidade (AR), como avançou o jornal «Público».

A lista afeta à direção da distrital, encabeçada por João Diogo Moura, elegeu nove delegados ao Conselho Nacional, e a lista afeta à tendência interna AR, encabeçada por Nobre Guedes, elegeu quatro delegados.

Nobre Guedes tinha sido o candidato do AR à mesa do Conselho Nacional no último Congresso do CDS, que decorreu em janeiro, mas perdeu para a lista liderada por Telmo Correia, que se tornou assim presidente da mesa do Conselho Nacional, sucedendo a António Pires de Lima.

O também presidente da distrital de Lisboa, Telmo Correia, que foi o único candidato à liderança daquela estrutura em setembro passado, explicou que a eleição decorreu na terça-feira no cumprimento do final dos mandatos dos delegados anteriormente eleitos.

De acordo com Telmo Correia, a assembleia distrital discutiu também a preparação das eleições legislativas, a preparação de um pré-programa eleitoral para o distrito, assim como um plano de visitas.