«Uma das coisas que os portugueses rejeitam são os políticos que dizem uma coisa em público e outra em privado. Quando António José Seguro disse isto sobre António Costa, sabia o que dizia. Hoje, os portugueses também já sabem que António Costa fala, não em função daquilo que pensa, mas em função da plateia que tem pela frente».





«Por muito que o critiquem dentro do PS, António Costa tem em nós um apoiante para o ajudar a defender aquilo que afirmou, porque ele tem razão, e quem tem razão não merece ser atacado internamente. É bom que ele saiba que não está sozinho, por muitas demissões que haja dentro do PS, por muitas vozes que se levantem para tentar calar, por muitas tentativas que façam para lhe fazer a ele o que fizeram a António José Seguro em muitos momentos não o deixando como secretário-geral de ter a liberdade de fazer as escolhas que eram melhores para Portugal».