Luís Montenegro (PSD) voltou esta quinta-feira a convidar o PS para se juntar à comissão eventual para a reforma do Estado. O deputado social democrata reiterou que o guião da reforma do Estado apresentado quarta-feira à tarde por Paulo Portas é um documento que pode ser melhorado.

Durante a sua intervenção no parlamento, no âmbito da discussão do Orçamento do Estado para o próximo ano, o deputado disse a propósito do guião: «admitimos que possa ser melhorado e que possa até ser criticado. É um documento que junta o trabalho que foi feito no âmbito da reforma do Estado àquilo que é a nossa perspetiva para os próximos anos».

«Quero nesta ocasião, com toda a humildade democrática, convidar o PS a entrar no debate. Estamos numa altura em que se pode dar cumprimento a uma deliberação desta Assembleia que criou uma comissão precisamente para que possamos todos trocar as nossas ideias e confrontar as nossas ideias sobre o Estado do futuro», disse Luís Montenegro.

O deputado concluiu dizendo que o guião para a reforma do Estado é um documento «aberto» e «um ponto de partida».