«O país está farto de favorecimentos»

Francisco Louçã elogia a decisão do Tribunal de Contas sobre o TGV

Por: tvi24 / MM    |   22 de Março de 2012 às 08:26
O coordenador do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, afirmou esta quarta-feira que «o país está farto de favorecimentos», elogiando a decisão do Tribunal de Contas, que não atribuiu visto prévio ao contrato de ligação de alta velocidade ferroviária Poceirão-Caia.

O Tribunal de Contas (TC) não atribuiu visto prévio ao contrato da ligação de alta velocidade ferroviária Poceirão-Caia, adjudicado ao consórcio Elos, liderado pela Brisa e pela Soares da Costa, afirmando que foram detetadas violações ao caderno de encargos do concurso.

Francisco Louçã disse que, «se assim é, o que o Governo cometeu é inaceitável», porque «tem de haver sempre toda a vigilância sobre os contratos para não haver favorecimentos». E o responsável sublinhou ainda: «O país está farto de favorecimentos».

O líder bloquista considerou que «é preciso que, em Portugal, haja uma ligação que seja útil à rede internacional, à escala das condições».
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Francisco Louçã
Francisco Louçã

COMENTÁRIOS

PUB
Demissão em bloco na urgência do Garcia de Orta

Sete chefes de equipa enviaram carta ao conselho de administração do hospital de Almada. Médicos alegam como motivos da demissão o «agravamento das condições de trabalho», bem como «o risco do ato clínico» e «a segurança dos doentes», que «atingiu um ponto crítico e inaceitável» no serviço de urgência. Duas das oito mortes registadas no início deste ano foram neste hospital