A coligação Portugal à Frente (PàF) venceu este domingo as eleições no distrito de Bragança com menos votos que o PSD sozinho em 2011, registando uma descida de 13% face ao resultado obtido por PSD e CDS-PP há quatro anos.

De acordo com os dados oficiais, os dois partidos juntos perderam quase 13.300 votos e alcançaram uma percentagem inferior à que o PSD obteve sozinho, em 2011, num distrito tradicionalmente de direita, onde o Partido Socialista ganhou apenas uma vez as eleições para o Parlamento, nas legislativas de 2005.

No ato eleitoral de hoje, o segundo partido mais votado nesta região foi o PS com 34% dos votos, mais oito por cento que em 2011, e também o Bloco de Esquerda reforçou a votação com mais de 5,5 por cento, mais do dobro que nas últimas legislativas.

A CDU também teve mais votos, passando de 2,59%, em 2011, para 3,07%.

Os eleitores do distrito de Bragança tiveram ainda mais dez opções no boletim de voto que registaram votações abaixo de um por cento.

O distrito de Bragança teve nestas eleições menos 6.480 eleitores que em 2011, e uma abstenção maior, passando de 49 para quase 53 por cento.