O professor José Mattoso, distinguido em 1987 com o Prémio Pessoa, é o mandatário nacional da plataforma Livre/Tempo de Avançar às eleições legislativas deste ano.

"José Mattoso foi, entre muitas outras coisas, professor catedrático na Faculdade de Ciências Sociais da Humanas da Universidade Nova, presidente do Instituto Português de Arquivos e diretor da Torre do Tombo. É autor de uma extensa bibliografia e dirigiu uma edição de oito volumes da História de Portugal", sublinha o Livre/Tempo de Avançar na nota enviada às redações.

O Livre/Tempo de Avançar anunciou também os mandatários de Setúbal e Faro, respetivamente Viriato Soromenho-Marques e Alberto Melo.

No Porto, é Júlio Machado Vaz o mandatário da candidatura e, em Coimbra, tal papel cabe a Boaventura de Sousa Santos.

José Mattoso, de 81 anos, tem dirigido várias obras, nomeadamente a “História de Portugal”, publicada 1993 e 1994, a “História da vida privada em Portugal" (2010/2011) e “Património de origem portuguesa no mundo” (2010), todas publicadas pelo Círculo de Leitores.

É autor ainda, entre outras, de uma biografia do rei D. Afonso Henriques, publicada em 2006, de “Poderes invisíveis - o imaginário medieval” (2013), da obra “Naquele tempo - Ensaios de história medieval” (2009) e, com Suzanne Daveau e Duarte Belo, “Portugal - o sabor da terra” (2010).

O partido Livre concorre às legislativas com o movimento cidadão Tempo de Avançar.

Rui Tavares e Ana Drago, antigas figuras ligadas ao Bloco de Esquerda, são dois dos candidatos mais mediáticos da plataforma.