"Todos nós sabemos que o campeão da integração europeia em Portugal foi, é e será sempre o Partido Socialista, mas é também altura de dizer aos portugueses que chegou a hora de termos um Governo que seja na Europa, que seja em Bruxelas, o campeão nacional da defesa patriótica dos interesses da economia portuguesa, das empresas portuguesas, dos trabalhadores portugueses, porque é assim que queremos estar na Europa, com dignidade e sem a cabeça submissa", disse António Costa, na Guarda.












"Porque é em diálogo e é em proximidade que podemos mobilizar o país, para o país se levantar, enfrentar e vencer esta crise", justificou o secretário-geral socialista.