“Se há sítio no país onde se sabe como esconder os problemas, empurrar com a barriga - e a semelhança entre os programas do PSD e do PS tem vindo a agravar os problemas sem nunca resolvê-los -, é aqui nos Açores”, considerou.








“Não estamos de acordo com uma Europa de mercado do leite liberalizado, que esmaga o preço do produto, não protege a saúde pública e as práticas ambientais. Não foi preparado o fim das quotas leiteiras em Portugal”, insistiu Catarina Martins.