Das primárias do último fim de semana do LIVRE/Tempo de Avançar ficaram como cabeças de lista para as eleições legislativas o antigo eurodeputado pelo Bloco de Esquerda Rui Tavares e a ex-parlamentar bloquista Ana Drago, foi anunciado esta quarta-feira. 

A comissão eleitoral adiantou que o sufrágio sobre os 385 candidatos aos 22 círculos eleitorais contou com a participação de 2.096 pessoas de um universo total de perto de 8.000 potenciais eleitores, nota a Lusa.

Na capital, o historiador foi o mais votado, seguindo-se a socióloga. Em terceiro lugar, surge o economista José Castro Caldas. O Porto ficará representado por Daniel Mota, Diana Barbosa e o advogado Ricardo Sá Fernandes.

Em Setúbal, a médica e ativista Isabel do Carmo será a cabeça-de-lista e em Coimbra a primeira posição coube ao docente universitário José Reis.

Ainda em Lisboa, o politólogo André Freire ficou na quinta posição, atrás da investigadora Filipa Vala.

Rui Tavares destacou o facto de ter sido conseguida a paridade até em termos de primeiros eleitos, com 11 círculos em que há mulheres no topo da lista e outros 11 em que aquele posto é ocupado por homens.

Recorde-se que a plataforma vai também realizar um referendo interno sobre as eleições presidenciais, na sexta-feira.

Na última sondagem conhecida, outros partidos que não aqueles que atualmente têm assento parlamentar, como o PDR, de Marinho e Pinto, ou mesmo o Livre/Tempo de Avançar não foram apurados dados concretos. Porém, estima-se que não superariam os 3% das intenções de voto.

Já a coligação PSD/CDS-PP, partidos que suportam o atual Governo, ultrapassaram, pela primeira vez, o PS, nas intenções de voto.