Uma falha na impressão dos cadernos eleitorais na freguesia do Caniço, no concelho madeirense de Santa Cruz, afetou neste domingo a votação, sobretudo de jovens, em diversas mesas, disse o presidente da junta de freguesia.

“Aquilo que averiguámos é houve uma falha na impressão de algumas páginas dos cadernos eleitorais”, declarou Silvestre Sobrinho.

Segundo o autarca, este problema afetou especialmente “eleitores que fizeram 18 anos de março até ao encerramento dos cadernos, até agosto”, em mesas de voto que envolvem um universo total de cerca de 5.000 pessoas, sem conseguir quantificar o número de cidadãos que foram confrontados com este problema.

“Houve alguns cadernos com erros de impressão, pode ser falha nossa e estamos a fazer tudo para que fique tudo resolvido”, afirmou o responsável, pedindo “desculpa” aos eleitores afetados e apelando a que “tenham paciência”.

Silvestre Sobrinho referiu também que “foi dado conhecimento da situação à Comissão Nacional de Eleições (CNE)” deste facto e que “o problema está a ser resolvido com o apoio jurídico desta entidade”, pois foi efetuada nova impressão dos “cadernos eleitorais corrigidos”, os quais estão a ser distribuídos pelas mesas de voto.

O autarca admitiu que alguns dos jovens que não puderam votar acabaram por decidir não regressar para exercer este seu direito e dever cívico.